1 2 3 4

Scroller HTML by WOWSlider.com v4.8

Artigos

Publicar Noticia

54ª Reunião Ordinária

CBH Mogi/Pardo se reúne em Poços de Caldas


O Comitê de Bacia Hidrográfica dos Afluentes Mineiros dos Rios Mogi-Guaçu e Pardo (CBH Mogi/Pardo) se reúne na próxima quinta-feira (06), às 8h30, em Poços de Caldas para a realização da 54ª Reunião Ordinária, que é a primeira de 2014 e a primeira com nova composição dos conselheiros. Poços foi escolhida pelos conselheiros para iniciar oficialmente as atividades de 2014 e da nova gestão por ser a cidade que acolhe a sede do Comitê, localizada na Rua Piauí, 420.


Na reunião, que contará com a participação de representantes de 40 instituições da região, sendo 10 de prefeituras, 10 grandes usuários de água, 10 grupos da sociedade civil e 10 instituições estaduais, serão escolhidos os conselheiros que comporão as Câmaras Técnicas do Comitê. Cada uma das quatro Câmaras Técnicas (CTs) é responsável por uma área das atividades práticas do CBH, sendo elas CT de Outorga; CT de Mobilização, Divulgação e Educação Ambiental; CT de Meio Ambiente e Turismo; e CT de Plano Diretor de Recursos Hídricos e Projetos.


O evento será realizado na sala plenária do SESC, localizado à Rua Paraná, nº 229, no Centro, e é aberto ao público.

 

O CBH Mogi/Pardo

 

O Comitê de Bacia Hidrográfica dos Afluentes Mineiros dos Rios Mogi-Guaçu e Pardo é um órgão normativo e deliberativo, formado por 40 instituições, que gerencia o desenvolvimento sustentável, de forma descentralizada, integrada e participativa, da região Sul e Sudoeste de Minas Geras, promovendo a gestão local dos recursos hídricos. Atualmente a área de atuação do CBH Mogi/Pardo acolhe 27 cidades da região.

 

Minério e Águas

CBH Mogi/Pardo participa de debate sobre Minério e Águas em Poços de Caldas

 

O Presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica dos Afluentes Mineiros dos Rios Mogi-Guaçu e Pardo – CBH Mogi/Pardo, Sr. Antônio Carlos Sales, acompanhado do primeiro secretário da instituição, Sr. Helio Antonio Scalvi, participa no dia 20 de Novembro, às 18h, de uma Roda de Debates com o tema “Minério e Águas do Sul de Minas”. O evento aberto ao público faz parte da programação do festival #VaiSulDeMinas, organizado pelo Coletivo Corrente Cultural.

 

De acordo com Sr. Antonio Carlos, o evento será de grande interesse para profissionais, estudiosos e curiosos sobre as questões hídricas e ambientais da região. “Eventos como esse nos possibilitam debater e divulgar a situação atual do nosso meio-ambiente e nossas águas. É por meio da participação popular que conseguiremos um mundo melhor para todos.”, comenta o presidente do Comitê de Bacia.

 

A Roda de Debate “Minério e Águas do Sul de Minas” será realizada na CIA Bellas de Artes, localizada na Rua Prefeito Chagas, 132 – Centro (Ed.  Manhattan), em Poços de Caldas.

 

 

Audiência Popular

Poços recebe Audiência Popular sobre o uso de agrotóxicos e os riscos à saúde

 

O Sinfrajupe (Serviço Interfranciscano de Justiça, Paz e Ecologia), OSCIP Planeta Solidário e a Fundação Jardim Botânico realizam no dia 29 de Novembro uma Audiência Popular contra o uso indiscriminado de agrotóxicos. O evento contará com a participação de personalidades importantes, como o Deputado Federal Padre João, Deputado Estadual André Quintão, Frei Pedro José Assis, entre outros.


Durante o evento, serão abordadas questões sobre os malefícios do uso de agrotóxico, incentivo à agroecologia e o consumo consciente, por meio da economia solidária. A ação conta com o apoio do Comitê de Bacia Hidrográfica Mogi/Pardo, Micro Regional de Poços de Caldas de Economia Solidária, Ordem Franciscana Secular e Instituto Cultural Cia Bella de Artes.


Segundo Antônio Carlos Sales, presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica do Mogi/Pardo, é imprescindível que a população perceba os graves riscos do uso exagerado de agrotóxicos. “O uso excessivo de agrotóxicos causa enormes danos não só ao meio ambiente como um todo, incluindo as nossas águas, mas acaba no organismo de nossa população, por meio do consumo dos vegetais, água e peixes contaminados. Mudar essa realidade terrível é uma das nossas prioridades”, salienta o Antonio Carlos.


Em Poços de Caldas, a Audiência Popular às 9 horas, no Instituto Cia Bella de Artes, localizado na Rua Prefeito Chagas, 305, PL – Centro (Ed. Manhattan). Poços de Caldas.

 

Campanha Contra os Agrotóxicos

 

A Audiência Popular faz parte da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida, organizada e desenvolvida por um coletivo de organizações e pessoas com o intuito de sensibilizar a população brasileira para os riscos que os agrotóxicos representam, e, a partir daí, tomar medidas para frear seu uso no Brasil.

 
 

Revitalização


Crianças realizam revitalização de rio em projeto da OSCIP Planeta Sustentável e CBH Mogi/Pardo

 

O Comitê de Bacia Hidrográfica dos Afluentes Mineiros dos Rios Mogi-Guaçu e Pardo – CBH MOGI/PARDO – e a OSCIP Planeta Solidário iniciaram no dia 22 de Novembro, no bairro Conjunto Habitacional Pedro Afonso Junqueira, o Projeto Adote um Rio. Na ocasião, cerca de 50 crianças de duas escolas plantaram mais de 200 mudas de árvores nativas no entorno do córrego que corta o bairro. As mudas foram doadas pela Fundação Jardim Botânico e as covas para o plantio abertas pela Prefeitura Municipal.

 

As crianças compareceram ao evento por meio de uma parceria das instituições organizadoras com as escolas Municipal Pedro Afonso Junqueira e da Estadual Padrão Parque das Nações, que aproveitaram a ação para homenagear o Dia do Rio, comemorado no próximo Domingo, dia 24 de Novembro. Realizando o plantio com as próprias mãos, as crianças puderam aprender sobre a importância de se preservar os rios e matas ciliares.

 

De acordo com a ativista Irinéia Ardissom, presidente da OSCIP Planeta Solidário, recompondo a mata, evita-se que o solo desmorone e assoreie o rio, além de atrair pássaros, ajudar a aumentar a quantidade de água disponível e melhorar o ar. Irinéia também salienta a importância da participação das crianças. “Ao se conscientizar os alunos da importância de proteger os cursos d’áqua, fazemos deles os autores da recuperação do rio. Com eles executando o plantio das mudas, formam-se vínculos que durarão para sempre.”, completa a presidente da OSCIP.

 

Por sua vez, representantes das cinco instituições envolvidas na adoção do córrego assinaram um Termo de Compromisso firmando uma parceria multilateral garantindo o que o projeto iniciado será replicado por toda a extensão que corta o bairro, sendo finalizado com o batismo do riacho ainda sem nome.

 

Segundo Antonio Carlos Sales, presidente do CBH Mogi/Pardo, a viabilização deste projeto e as parcerias firmadas são o começo de uma mobilização mais ampla. “O projeto Adote um Rio é muito promissor e com certeza poderá mudar a realidade dos nossos rios para melhor de forma mais rápida. Agora que já temos o terceiro setor e o poder público envolvidos, poderemos mobilizar a participação da iniciativa privada e ampliar o projeto para todos os rios em situação de degradação em Poços e região.”, comenta Antonio Carlos.

 

Projeto Adote um Rio


O Projeto Adote um Rio, idealizado pela OSCIP Planeta Solidário, visa mobilizar os poderes público, privado e sociedade civil organizada para a revitalização de áreas degradadas próximas aos rios da região. A revitalização desses ambientes, com limpeza, desassoreamentos e plantio de vegetação nativa, resultam em grandes melhorias para a qualidade de vida das comunidades próximas, bem como a ampliação da fauna, quantidade e qualidade da água disponível e qualidade do ar.

 

 

Novos conselheiros

Estado de Minas empossa novos conselheiros do CBH Mogi/Pardo


Aconteceu no dia 05 de Dezembro de 2013 a posse oficial dos novos membros do Comitê de Bacia Hidrográfica dos Afluentes Mineiros dos Rios Mogi-Guaçu e Pardo, eleitos para compor a instituição pelos próximos quatro anos de gestão. No evento, que aconteceu na cidade de Andradas, a gerente de Integração com as Políticas Municipais do Instituto Mineiro de Gestão das Águas – IGAM, Maria de Lourdes Amaral Nascimento, oficializou os representantes das instituições eleitas como os novos conselheiros do CBH Mogi/Pardo.


Ao todo, representantes de 47 instituições foram empossados, sendo elas 10 do Poder Público Estadual, 16 do Poder Público Municipal, 10 Usuários e 11 da Sociedade Civil, sendo que cada segmento possui paritariamente 10 assentos. No caso dos seguimentos com mais de 10 representantes, instituições diferentes foram organizadas em Titulares e Suplentes da mesma vaga.

 

Na reunião, ficou definido como meta da nova gestão articular os poderes públicos, privados e sociedade civil da região para o cumprimento das metas do Plano Nacional de Recursos Hídricos e do Plano Diretor de Recursos Hídricos da Bacia, principalmente no que tange o tratamento de esgoto e a gestão dos resíduos sólidos.

 

Nova Diretoria


Na ocasião da posse dos novos conselheiros do CBH Mogi/Pardo, também foi eleita a nova Diretoria, que vai gerenciar as atividades da sede do Comitê até 2018. A chapa única vencedora por aclamação é composta pelos conselheiros João Luiz Magalhães Teixeira - CREA, como novo Presidente da instituição; Antônio Carlos Salles - ASSEA, como Vice-Presidente; Irinéia Ardisson da Silveira Souza – OSCIP Planeta Solidário; como secretária executiva; e Luiz Antônio Fonseca Teixeira - Prefeitura de Caldas, como Secretário Executivo Adjunto.


Comitê da Bacia Hidrográfica dos Afluentes Mineiros dos Rios Mogi-Guaçu e Pardo - Decreto Estadual 40.930/2000

 

Rua Piauí, 420, Sala 01 - Centro.  Poços de Caldas/MG | (35) 3721 3242